Sobre

O Projeto

Há cada vez mais evidências de que a saúde e a educação estão intimamente ligadas e influenciam outros parâmetros, tais como a pobreza e os níveis de rendimento. É sabido que a educação pode melhorar não só a prosperidade, mas também tem efeitos importantes na saúde. Apesar dos imensos benefícios, a literacia em saúde continua a ser um desafio para a saúde pública europeia. As conclusões da investigação referem que mais de um terço da população da UE enfrenta dificuldades em encontrar, compreender, avaliar e utilizar a informação para gerir a sua saúde (Sørensen et al., 2015). É também importante salientar que, atualmente, a pandemia da COVID-19 estende-se por todo o mundo. A literacia em saúde deverá ter um impacto significativo durante esta pandemia, a fim de combater a propagação do vírus. Considerando estes desenvolvimentos pandémicos mundiais, um dos principais desafios é fornecer cuidados de saúde e educação adequados aos migrantes e refugiados em toda a Europa. O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados Filippo Grandi adverte que a nova vaga de refugiados que chega à Europa está a viver com condições sanitárias particularmente débeis, especialmente vulneráveis à pandemia. Por conseguinte, o difícil acesso à educação e à literacia de saúde torna esta população extremamente vulnerável.

The Partners

InterAktion é uma organização austríaca ativa no campo dos direitos humanos, sustentabilidade, integração dos jovens de famílias migrantes e refugiados, visando incentivar o diálogo intercultural entre as pessoas de diferentes origens e culturas através da educação não formal. A criação da InterAktion resulta de uma necessidade de apoio suplementar dos jovens refugiados durante o seu processo de integração. A organização promove a cidadania ativa e o voluntariado entre os jovens de Styria e contribui para o autodesenvolvimento e a inclusão de grupos excluídos e jovens em risco. InterAktion é ativa em Trofaiach e Graz.

A missão da ONG juvenil KulturLife é a facilitação e disseminação da Aprendizagem Global enquanto alicerce de uma convivência pacífica e próspera num mundo globalizado. A KulturLife é uma ONG especializada em todos os campos da comunicação intercultural. Durante os últimos anos, KulturLife realizou inúmeros projetos a nível europeu e adquiriu diversos focos e conhecimentos nas seguintes áreas:

  • Estágios internacionais para estudantes do ensino profissional e secundário
  • Inclusão social de migrantes e refugiados na EFP
  • Prevenção da radicalização de jovens refugiados
  • Empreendedorismo
  • Apoio às pessoas com necessidades especiais no processo de integração e candidatura no mercado de trabalho.

A Universidade de Piteşti (UPIT) é uma universidade estatal, localizada em Pitesti, no sul da Roménia, a 120 quilómetros da capital Bucareste. A UPIT visa ser uma entidade dinâmica e eficiente de ensino superior na região. Atualmente, recebe cerca de 10.000 estudantes da região de Muntenia. Tem cerca de 700 docentes e pessoal administrativo remunerado. É constituída por 6 faculdades diferentes que oferecem diplomas de licenciatura, mestrado e doutoramento (www.upit.ro). Tem como objetivos fornecer serviços de ensino, formação e investigação de alta qualidade, a fim de formar especialistas em diferentes campos e criar uma comunidade intelectual acreditada por agências de qualidade nacionais e internacionais.

A Cooperativa Social Aurive começou em 2007 como uma entidade de gestão de projectos do Serviço Cívico Nacional nas duas províncias de Novara e Verbano-Cusio-Ossola (região do Piemonte, Itália). Na verdade, a Cooperativa Social Aurive desenvolve novos campos de ação, através da promoção de novas iniciativas dirigidas aos jovens. Nos últimos três anos, a Cooperativa Social Aurive tem trabalhado sobretudo com estudantes e desempregados com menos de 35 anos, com o objetivo de ajudá-los a melhorar as competências básicas necessárias para entrar e permanecer no mercado de trabalho, bem como para participar ativamente na sociedade através da cidadania ativa. Nos nossos projetos, promovemos a ideia de bem-estar e cultura. Somos apoiados por algumas das principais fundações bancárias italianas (Cariplo, San Paolo, CRT) no sentido de trabalhar em percursos de envolvimento da população em risco de exclusão social. Inspiramo-nos na agenda para 2030 e oferecemos atividades inclusivas numa área considerada como elitista. Colaboramos com museus, festivais de música, bibliotecas. As nossas actividades querem estimular e melhorar a qualidade de vida das pessoas excluídas, aumentando a alfabetização dos alvos excluídos sobre temas relevantes ligados a questões sociais relevantes.

A Rightchallenge é uma associação sem fins lucrativos que visa promover a educação e a formação como motor da inclusão social e da igualdade de oportunidades. Acreditamos que a educação deve centrar-se no desenvolvimento integral de todas as pessoas – independentemente do seu estatuto social, sexo, idade de origem cultural – a fim de as preparar para intervir e participar em todas as dimensões da sociedade. Como organização ativamente envolvida com a comunidade, um dos nossos pilares de intervenção é a aprendizagem ao longo da vida. Acreditamos firmemente que a aprendizagem ao longo da vida desempenha um papel fundamental na coesão social, uma vez que apoia a cidadania activa e responsável. Os nossos serviços incluem:

  • Formação de recursos humanos nas áreas da educação não-formal, intervenção comunitária, animação sócio-educativa e voluntariado;
  • Consultoria na área do empreendedorismo social;
  • Formação nas áreas dos direitos humanos, gestão de voluntários, educação ambiental e justiça social e igualdade de género;
  • Organização de workshops e debates na área dos direitos humanos e da justiça social.